segunda-feira, 15 de março de 2010

2005 - Metal: A headbanger's Journey

Documentários que trazem em seu bojo a intenção de retratar o surgimento e desenvolvimento de desinências musicais populares como o heavy metal não faltam na história do cinema. No entanto, quando se trata de apreciar a qualidade de tais documentários, os números reduzem-se bruscamente. Com a exceção de "Os Anos do Heavy Metal: A Decadência da Civilização Ocidental", de 1988, poucos foram os trabalhos confeccionados no século XX que preocuparam-se em observar o metal sob um prisma sociológico, buscando um liame entre as suas origens e seu impacto atual. Neste novo século que adentramos, "Metal: A Headbanger's Journey" merece destaque incontestável por ser, provavelmente, a melhor obra cinematográfica destinada ao gênero.

Sam Dunn, que posteriormente dirigiu o bem sucedido "Flight 666" do Iron Maiden, capta com sua lente a situação cultural que ensejou a surgimento do heavy metal passando por diversos tópicos e assuntos referentes ao tema, como o preconceito sofrido pelos jovens adeptos ao som e estilo de vida headbanger e a censura promovida em meados da década de 80 nos Estados Unidos.

Dunn viajou o mundo para fazer este documentário. Formado em Ciências Sociais com ênfase em Antropologia, o sociólogo inspirou-se no preconceito que sofreu enquanto jovem para estudar a estruturação do metal. Não se trata apenas de um estudo empírico, mas sim científico, destinado a explicar as causas e consequências deste movimento cultural singular da história humana. Assim, Dunn traça um prospecto que parte desde o debate de qual seria a primeira banda de metal da história para alçar as diversas ramificações derividas de seu núcleo, explicando as tendências que permeiam o power metal, death metal, black metal, entre tantos outros.

Diversas entrevistas foram realizadas e, aliadas à imagens históricas (como esta ao lado, de Dee Snider depondo no Senado americano contra a censura), serviram de esteio fundamental para construção desta excelente obra elucidativa sobre o heavy metal. Diversos países da Europa e da América do Norte (o próprio Dunn é canadense de origem) foram visitados com o objetivo de entrevistar figuras que fizeram a história do gênero, como Tony Iommi, Bruce Dickinson, Vince Neil, Lemmy Kilmister, Rob Zombie entre tantos outros. O documentário também cobriu a realização do festival Wacken Open Air, maior encontro headbanger da Europa, provendo ao espectador a possibilidade de conhecer um pouco mais sobre as razões que impulsionam o comportamento daqueles que adotam o heavy metal como estilo de encarar, compreender e viver a vida.

Sam Dunn ainda dirigiu em 2008 o documentário "Global Metal", que preocupa-se explorar o impacto do metal no comportamento de jovens criados em diversas culturas, passando por países da América do Sul, Ásia e Oriente Médio.

"Metal: A Headbanger's Journey" é um excelente registro sobre um estilo musical que, desde a sua assunção, congrega-se intrinsecamente com a juventude e com seus fiéis amantes, independentemente de idade. Além de oferecer um rol de entrevistas de cair o queixo, o documentário evidencia-se como uma oportunidade ímpar de estudar o heavy metal em fonte segura. Indispensável à todos que amam o gênero.

Cheers!!!

P.S.: O formato disponibilizado a seguir pelo Rock Pensante segue o padrão oferecido pelo blog Arapa Rock Motor (http://arapongasrockmotor.blogspot.com/), especialista em filmes e documentários, responsável também por legendas e traduções. Ao pessoal do Arapa, nosso sincero agradecimento.

CLIQUE NA IMAGEM P/ FAZER O DOWNLOAD:

Parte 1













Parte 2


Nenhum comentário:

Postar um comentário