segunda-feira, 24 de maio de 2010

1980 - Running Free (Single)

Tentar descrever com palavras a importância da canção "Running Free" para o desenvolvimento da carreira do Iron Maiden é uma tarefa amplamente complicada. Mas, vá lá, ainda assim, nos esforçaremos ao máximo para que, nesta breve reflexão, ao menos a maioria dos impactos deste hit possam ser pincelados ao olhar do leitor.

"Running Free" foi primeiro single lançado pela banda, e, ademais, é incontestável que "Running Free" foi um dos pilares responsáveis por alavancar o Maiden à uma grande audiência. Para se ter uma idéia (ainda que todo maidenmaníaco que se preze saiba disso), foi com "Running Free" que a banda se apresentou em um dos maiores programas de televisão da época, o "Top of The Pops", tocando a música ao vivo, em uma "era" onde o playback dominava as apresentações de bandas em programas de auditórios. Através da assinatura de Harris e Di'anno, "Running Free" conta a história de uma garoto que rouba um carro e parte atrás de diversão, acabando preso em Los Angeles. Além de associar-se à idéia de liberdade de expressão, "Running Free" representa um dos períodos mais criativos do Iron Maiden que, assim como em "Prowler" e "Charlotte the Harlot", tratava e evidenciava em suas músicas outros temas mais "comuns" à vida urbana.

O single foi originalmente lançado em 8 de fevereiro de 1980, sendo muito bem recebido pelo público, ainda que na década de 80 os álbuns já haviam assegurado seu lugar como líderes de vendagem. No entanto, pelo fato de ter sido lançado antes mesmo do próprio disco (o primeiro álbum do Maiden data de 14 de abril de 1980), é inegável que este single teve papel fundamental no sucesso de crítica que o álbum "Iron Maiden" representou. A arte de Derek Riggs, que junto com a banda idealizou o eterno mascote Eddie, também fez um trabalho primoroso: ampliando e observando a capa, é possível ver o jovem garoto que aparece na canção fugindo de Eddie e, nas pichações na parede atrás dele, é possível ler o nome de algumas "bandinhas", como Led Zeppelin, Scorpions e AC/DC, uma espécie de homenagem do Maiden à alguns de seus ídolos.

"Running Free", além da faixa título, conta também com "Burning Ambition", canção escrita por Harris ainda no tempo em que integrava o Gypsy Kiss, isto em 1975. Dave Murray brilha na composição melódica da canção, que coaduna bem com o estilo criativo e abrangente que a banda apresentava até então. Curiosamente, "Burning Ambition" fora gravada ainda com Doug Sampson na bateria, sendo o único registro comercial do baterista com o grupo. Este fato é evidenciado em "The Early Days", primoroso documentário - que merece ser obrigatoriamente assistido - que retrata os primórdios do Iron Maiden, deste os tempos do Smiler (uma das primeiras bandas de Steve Harris) até as primeiras formações da Donzela de Ferro. É justamente neste momento que observamos a relevância da expressão artística do Maiden no ínicio de sua carreira que, de certo modo, atenuou-se timidamente com o passar do tempo. Basta ouvir este single e analisar as letras das canções que o compõe para percebemos este fato.

Cheers!!!

Set List:

1. Running Free
2. Burning Ambition

CLIQUE AQUI P/ FAZER O DOWNLOAD

Um comentário:

  1. Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

    Música em troca de Fraldas

    ResponderExcluir