quarta-feira, 19 de maio de 2010

1983 - Bent Out of Shape

Depois de alterar abruptamente o rumo de sua sonoridade a partir de "Difficult to Cure", de 1981, o Rainbow coloca a termo mais uma fase em 1983: com "Bent Out of Shape" encerra-se a "era" Joe Lynn Turner na banda, justamente pelo retorno de Ritchie Blackmore e Roger Glover para o Deep Purple, que culminou com o lançamento do disco "Perfect Strangers", pouquíssimo tempo depois. Mas, fora isso, "Bent Out of Shape" é um disco com características e identidade marcantes, tanto em suas letras como em sua sonoridade: novamente, o Rainbow deu prova da razão de ser tido como um dos maiores nomes do hard rock de nossa história.

O álbum se inicia perfeitamente com "Stranded", canção densa e pulsante que restou muito bem cadenciada pela voz de Turner. O mesmo ocorre com a seguinte, "Can't Let You Go" que, apesar de conter o mesmo apelo amoroso de "Stone Cold" e "Tearin' My Heart Out" (ambas de discos anteriores do Rainbow), tornou-se uma espécie de novo "hit" do grupo, sendo bem recepcionada pelos fãs - é inclusive música obrigatória, até os dias de hoje, nos shows de Turner -, que acompanharam verso a verso esta canção durante a turnê de 1983.


Outras canções dão moldes interessantes ao álbum: "Drinking with the Devil"  concatena os elementos primordiais do Rainbow, inovados pela voz de Joe Lynn Turner, enquanto "Fool for the Night"  e "Make Your Move" esbanjam energia.

Mas é em "Street of Dreams" que encontramos o ápice de "Bent Out of Shape". A canção é calcada no misto do riff marcante de guitarra com a manifestação ousada dos teclados, receita que (a esta altura do campeonato) já era difundida desde 1981 pelo Rainbow e reproduzida por diversas bandas (como Europe e Journey) já há algum tempo. A canção é revestida de diversas nuances, alterando luz e sombra durante o seu desenvolvimento e agarrando o ouvinte à força durante o refrão (outra característica do Rainbow era essa: a de criar refrões que literalmente "grudam" na nossa mente). Na época. "Street of Dreams" ensejou a produção de um vídeoclipe "pra lá" de excêntrico, com direito a seções de hipnoses e delírios sem muito sentido: era a "geração" da MTV que estava para dar seus sinais de vida, que seria recheada de vídeos estranhíssmos e mal feitos, até surgir "Thriller" e a coisa começar a melhorar.

"Bent Out of Shape" é a despedida de Joe Lynn Turner do Rainbow, grupo que teve em seu line up dois dos melhores vocalistas da história do hard rock: se com Ronnie James Dio a banda já havia conquistado parte do mundo, com Turner tal conquista havia se completado. Prova disto é quantidade de canções do Rainbow que levam sua assinatura, juntamente com Blackmore e Glover. Certamente, este não é o melhor álbum de sua discografia (até porque é difícil escolher apenas um disco do Rainbow como "o" melhor), mas deve ser ouvido e garimpado com carinho e atenção.

Cheers!!!

Set List:

1. Stranded
2. Can't Let You Go
3. Fool for the Night
4. Fire Dance
5. Anybody There
6. Desperate Heart
7. Street of Dreams
8. Drinking with the Devil
9. Snowman
10. Make Your Move

CLIQUE AQUI P/ FAZER O DOWNLOAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário