quarta-feira, 2 de junho de 2010

1980 - Sanctuary (Single)

"Sanctuary" foi o segundo single oficial (primeiro após o advento do disco de estréia da banda) lançado pelo Iron Maiden, isto aos idos de 23 de Maio de 1980, 30 anos atrás. Impulsionados com o a boa recepção de "Running Free" e as excelentes respostas de crítica pelo disco de estréia (acrescido ainda mais pelo culto à New Wave of British Heavy Metal), o Iron Maiden alçou a publicidade que lhe faltava com este single, cuja capa em formato original causou polêmica. Ora, também não é por menos: uma banda inglesa colocando em uma capa de single um monstro matando a primeira-ministra de seu país causaria, no mínimo, um forte impacto aos conservadores britânicos que, ainda hoje, não são poucos. Derek Riggs, idealizador magistral de Eddie, explica no documentário "The First Teen Years" que a capa do single fora inspirada em uma passagem da letra de "Sanctuary": "I never killed a woman before, but I known how it feels" ("eu nunca matei uma mulher antes, mas sei como é"). Somente depois, com o modelo da capa já pronto, é que os próprios membros da Donzela sugeriram a inclusão do rosto de Margareth Thatcher ao lugar da mulher originalmente desenhada.

Ao contrário do que se poderia supor, o impacto causado foi positivo, sendo que a capa de "Sanctuary" fora de fato conceboda como uma brincadeira com a "Dama de Ferro" inglesa, e com a crise que o país atravessava. E, com isso, toda essa atmosfera fez crescer ainda mais o público que o Maiden galgava toda a semana, através de shows e pequenas tours. Nos Estados Unidos, "Sanctuary" foi incluída como faixa bônus do primeiro disco da banda; e, até os dias de hoje, a canção marca presença nos shows do grupo.

 "Sanctuary", além da faixa-título, traz também um registro on stage de "Drifter", gravada durante um show da Donzela no Marquee de Londres. A versão desta canção (ainda oficialmente inédita, pois seria lançada no rol de músicas de "Killers", de 1981) é um pouco mais extensa, pois conta com a participação ativa do público durante uma brincadeira de Di'anno: em dado momento, o vocalista estimula a platéia a acompanhá-lo em uma paródia de "Walking on the Moon", do "The Police". De fato, nunca o "yo, yo, yo" de Sting havia soado tão pesado. Como complemento, o single também traz uma cover ao vivo: "I've Got the Fire", originalmente assinada pelo Montrose (banda formada orignalmente em 1973, que contava com Sammy Hagar nos vocais), também é capturada durante o mesmo show no Marquee.

Em análise final, "Sanctuary" era a cereja que faltava ao bolo sonoro do Iron Maiden. Além de uma sadia publicidade, foi através deste single que a banda conseguiu complementar ao grande público a prova de que eram uma banda extremamente densa e vivaz sobre o palco. Vale muito a pena ouvir este belo e histórico registro do grupo.

Cheers!!!

Set List:

1. Sanctuary
2. Drifter (Live at The Marquee, 1980)
3. I've Got the Fire (Live at The Marquee, 1980)
4. Listen with Nicko*** (esta gravação de audio feita pelo atual baterista da banda foi incluída no lançamento remasterizado dos álbuns e singles do grupo, não integrando a estruturação originalmente publicada em vinil de 7'' e 12''45 rpm)

CLIQUE AQUI P/ FAZER O DOWNLOAD   

Nenhum comentário:

Postar um comentário